Boletim Informativo Grupo King

S etembro / 2020 - Ed. 335 Orientações do Mentor (206) Organização King Contabilidade • King Contabilidade • King Imóveis Eireli kingcontabilidade Fone: (11) 2856-7200 • grupoking.com.br • atendimento@grupoking.com.br kingcontabilidade relacionamento.king Enquanto viver, faça um grande trabalho! O Homem quando nasce não traz nada. Quando morre, não leva nada. Há um provérbio japonês que diz que a herança acaba na 3ª geração, semelhante ao que ouvimos dizer: pai rico, filho nobre e neto pobre. O que você pensa que deve ser feito? Quando você veio ao mundo, não pos- suía nada, seja intelectualmente, quanto social e materialmente. Pode até ter nascido emuma família com muitas posses materiais, mas não é seu. Para aqueles que pensam: “sou rico, tenho tudo que quero! ” e não estuda, não se esforça, não se dedica à luta, que destino pode esperar? No início da minha carreira, conheci uma pessoa no escritório de contabilidade, no bairro da Vila Esperança – Penha. Ele se chamava Ezequiel e tinha 54 anos e eu, 25. Tanto eu como ele, exercíamos a mesma função de office-boy. Eu estava cursando o curso básico para auxiliar de escritório e posteriormente, me formei contabilista e advogado e fui traba- lhar em uma outra empresa enquanto que o Ezequiel não deu continuidade aos estudos - só tinha o primário e dizia sempre: “Para que estudar? Meu pai é rico e vai me deixar uma fortuna como herança!” Soube mais tarde que ele veio a falecer sem ter tirado proveito da fortuna do pai, pois o pai já com 82 anos, continuava forte e saudável. Pode ser que o fato dessa natureza, existam na sociedade. O homem quando nasce, realmente não traz nada de um modo geral, não possui bens materiais. Alguns lutam e se esforçam e conseguem desempenhar altas funções, outros conseguem ter sua própria empresa ou chegam a se tornar magnata, ter um império e deixam grandes fortunas para os seus herdeiros. Alguns casos tornam-se grandes proble- mas jurídicos, na disputa dos bens deixados pelos antecessores. Uns usam a sabedoria e distribuem a herança ainda em vida, para não deixar problemas aos seus descendentes, por isso, é recomendável sempre se aconselhar com advogados leais, honestos e de confiança da própria família. Não importa quanta fortuna foi acumu- lado em vida, pois quando partimos, não levamos nada. Omais importante para o homem deixar como herança, é o nome honrado, digno de orgulho para seus familiares e amigos. Hatiro Shimomoto hatiro@grupoking.com.br DDR: 2856-7290 B o l e t i m I n f o r m a t i v o Índice 2 Notícias Jurídicas 3 Contábil • DITR - Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural 4 Fiscal • Simples Nacional – diferencial de aliquotas inconstitucionalidade • Exclusão do ICMS e ISS da base de cálculo de PIS e COFINS 5 Financeiro • Aviso de vencimentos 5 Link Financeiro • Programas de acesso ao crédito visando reduzir impactos da pandemia 6 Pessoal • Covid 19 x Prorrogação Redução e Suspensão Contrato de Trabalho 8 Agenda Fiscal Parabeniza a Penha pelos 353 anos

RkJQdWJsaXNoZXIy NzkwMDY=